MAMÃE ESTÁ OBESA, MAS VAI SE TRATAR

HIPOTIREOIDISMO SUBCLÍNICO PODE LEVAR AO ABORTO ESPONTÂNEO

30 de junho de 2011

ENDOCRINOLOGIA – NEUROENDOCRINOLOGIA: SE TIVÉSSEMOS MAIS TECIDOS ADIPOSOS MARROM,

SERIAMOS SEMPRE MAIS MAGROS E COM UMA CAPACIDADE ENERGÉTICA MUITO MAIOR E BRUTALMENTE ORGANISMOS MAIS EFICIENTES.

GENÉTICA MÉDICA, TECIDO ADIPOSO MARROM, UM TIPO ESPECIAL DE GORDURA COMPACTA E ALTAMENTE ESPECIALIZADA, QUE LIBERA UMA GRANDE QUANTIDADE DE ENERGIA SEM GRANDES CONSUMOS DO TECIDO ADIPOSO MARROM, SUA CÉLULAS TRONCO EM PESQUISAS QUE ESTÃO SENDO EFETUADAS, PODERÃO NO FUTURO SER UMA FORMA DE TERAPÊUTICA PARA A RAÇA HUMANA QUE AS POSSUEM, MAS EM QUANTIDADE QUE AINDA NÃO É A IDEAL PARA SER UTILIZADA COMO POSSÍVEL INTERESSE PARA O TRATAMENTO DA OBESIDADE E DAS DOENÇAS RELACIONADAS À OBESIDADE COMO DIABETES MELLITUS TIPO 2 MAS É UM FOCO MUITO INTERESSANTE E PROMISSOR.

Tecido adiposo marrom é um dos dois tipos de tecido adiposo existente em mamíferos (o outro é o tecido adiposo branco). É especialmente abundante em recém-nascidos e em mamíferos hibernantes. Sua função principal é manter o calor corporal, em animais ou recém-nascidos que não tremem.
Em contraste com adipócitos brancos (células de gordura), que contêm uma única partícula de lipídio, adipócitos marrons contêm numerosas pequenas partículas e uma quantidade muito maior de mitocôndrias (“usina elétrica”), que contêm ferro e as tornam marrom. A origem do tecido adiposo marrom ocorre durante a formação das camadas germinativas (desenvolvimento do embrião), uma camada germinativa ou capa germinativa é um conjunto de células formadas durante A formação do embrião que no caso do ser humano é a formação do feto e é responsável por revestimento externo e formação interna do futuro individuo ou seja; o mesoderma preenche o vazio entre a camada externa (ectoderma) e do revestimento interior (endoderme). A partir desta "enchimento" passa a desenvolver vários tipos de células especializadas, incluindo miócitos (células musculares), adipócitos (células de gordura ou energéticas) e condrócitos (condrócitos são células presentes no tecido cartilaginoso). A inter-relação estreita entre essas células podem ser vistos quando as linhas da mesoderme ( mesoderme consiste num folheto embrionário, situado entre a endoderme e a ectoderme). A partir da mesoderme, por multiplicação e diferenciação celular, originam-se, por exemplo, o esqueleto, os músculos, e os sistemas circulatórios, excretor e reprodutor. O órgão adiposo marrom tem a capacidade de consumir energia, produzindo calor para defender o organismo contra um ambientes frios, mas também além de mais compacto, diminuem a camada de gordura branca que é bastante volumosa e faz com que os seres humanos percam a forma biotípica, ao nosso ver como humanos, dentro da média dos indivíduos iguais, alem de mudar o ponto geométrico, que deve ficar na porção inferior da coluna (coccix), que regula a proporção de distribuição do peso, não permitindo comprometimento quando proporcionais das articulação dos seres que andam sobre dois pés.
Vários estudos têm mostrado que o tecido metabolicamente ativo adiposo marrom está presente em quantidades notáveis em adultos saudáveis, mas é evidente a desproporção dos seres humanos, quando comparados os tecidos adiposos brancos e marrom.Se tivessemos mais tecidos adiposos marrom, seriamos sempre mais magros e com uma capacidade energética muito maior e brutalmente organicamente mais eficientes. A presença de tecido adiposo marrom nos adultos é inversamente correlacionada com o IMC ( índice de massa corporal) e os percentuais de tecido adiposo e outros tecidos do corpo. Essa perspectiva é de extrama importancia, pois fará com que todos os órgão do nosso organismo, serão muito mais eficientes, ou seja, seremos muito mais fortes organicamente, suportaremos diversos tipos diferentes de estresses que hoje praticamente seria impossível, o fato é que existem as células tronco, embora não totalmente dominada, ocorrerá mais cedo ou mais tarde a relativo curto prazo. Medicamentos destinados à expansão e / ou ativação do tecido adiposo marrom são de possível interesse para o tratamento da obesidade e das doenças relacionadas à obesidade visceral ou central ou abdominal, como diabetes mellitus tipo 2, e alem de mais proporcionais e estéticos em nossas concepções, com uma qualidade de vida adequada muito mais duradoura.

Dr. João Santos Caio Jr.
Endocrinologista – Neuroendocrinologista
CRM 20611

Dra.Henriqueta V.Caio
Endocrinologista – Medicina Interna
CRM 28930

Como Saber Mais:
1. Hormônio de crescimento por DNA Recombinante, antes de sua existência com finalidade terapêutica,os resultados eram muito precários...

2.O DNA recombinante permite efetuarmos exames diagnósticos precisos...

3.O hormônio de crescimento efetuado por tecnologia de DNA Recombinante é muito seguro...

AUTORIZADO O USO DOS DIREITOS AUTORAIS COM CITAÇÃO
DOS AUTORES PROSPECTIVOS ET REFERÊNCIA BIBLIOGRÁFICA.

Referências Bibliográficas:
Dr. João Santos Caio Jr, Endocrinologista, Neuroendocrinologista, Dra Hrenriqueta Verlangiere Caio, Endocrinologista, medicina interna – Van Der Häägen Brazil, São Paulo,Brasil. 2011, Gesta S, Tseng YH, Kahn CR (October 2007). "Developmental origin of fat: tracking obesity to its source". Cell 131 (2): 242–56. Enerbäck S (2009). "The origins of brown adipose tissue". N Engl J Med 360 (19): 2021–2023. VAN DER HÄÄGEN BRAZIL,Marques-Lopes I, et al.Aspectos genéticos da obesidadeVer.Nutr.,Franco M.,et al.reduction and its possible Consequences.CMAJ-2008, vol 178 (8).

Contato:
Fones: (11)5572-4848/ (11) 2371-3337/ ou 98197-4706 TIM
Rua: Estela, 515 – Bloco D -12ºandar - Conj 121/122
Paraiso - São Paulo - SP - Cep 04011-002
e-mails: vanderhaagen@gmail.com

Site Clinicas Caio

Site Van Der Haagen Brazil

Google Maps:
Seguir no Google Buzz